Home Office – um Guia Básico Para Trabalhar de Casa

Home Office - um Guia Básico Para Trabalhar de Casa

10 dicas para manter a sanidade e a produtividade enquanto trabalhando remotamente.

Durante a pandemia de Coronavírus, todos os funcionários da CD Baby estão trabalhando remotamente. Nossos negócios seguem funcionando plenamente, e conseguimos manter todos os nossos serviços e o apoio a artistas, mesmo trabalhando de casa. Mas, pelas próximas semanas, todos nós vamos ter de encontrar novos ritmos e fluxos para nosso trabalho.

Você também se viu trabalhando em home office de repente? Eu sou uma das poucas pessoas da CD Baby que SEMPRE trabalha de casa, então eu já tinha uns conselhos prontos para quem vai trabalhar remoto pela primeira vez:

1. Não confira seu celular assim que sair da cama

Esse é um bom conselho para a vida toda. Não comece a acelerar seu cérebro assim que abrir os olhos. Levante-se. Tome um café ou um cházinho. Converse com as outras pessoas da casa. Tenha um ritual matinal que não passe por eletrônicos

2. Você ainda tem que se deslocar (um pouquinho)

Assim como você vai evitar o celular pelos primeiros minutos, NUNCA caia da cama e já vá para o computador para resolver assuntos de trabalho. É fácil cair nessa armadilha quando se trabalha de casa. Já que não há diferença entre o lugar onde você mora e onde você trabalha, o trabalho pode contaminar sua vida de uma maneira que você poderia não prever anter.

Numa semana útil de trabalho, seu corpo faz alguns ajustes enquanto você se locomove de casa para o escritório, de carro, de transporte público ou a pé. Você pode usar esse tempo para ouvir podcasts, um programa de rádio, ler o jornal ou jogar algo no celular.

Tente imitar essa fase de ajustes na sua rotina trabalhando a distância, e faça uma distinção clara do que é ANTES, DURANTE e DEPOIS do trabalho. Você pode ajudar seus filhos a se prepararem para o dia, ou tomar café da manhã em paz, mas ADIE O COMEÇO DO TRABALHO até ser a hora de “bater o cartão”.

Até esse momento, seu tempo tem de ser sagrado, e usado em benefício próprio, ou da sua família. Depois, faça um deslocamento simbólico — pode ser mudar de cômodo, ir para o andar de cima da casa ou só mudar o canto do quarto em que você está. E pense “Estou indo para o trabalho”.

Você tem amor-próprio? Então coloque uma camisa e uma gravata antes de fazer isso.

Ah, você é músico? Então pode ficar de pijama mesmo, mas…

3. “Não trabalhe onde você dorme”

Parece aquele outro ditado popular, né? Você também tem de respeitar aquele outro, sobre o pão e a carne, mas esse é outro.

Se você puder, crie um canto na sua casa que seja só para trabalhar. Mesmo que isso signifique só mudar de cadeira na mesa da cozinha

De novo, o trabalho pode se infiltrar na sua vida, se você está trabalhando de casa. Você não quer que os problemas de trabalho te sigam até a cama, ou se deitem no sofá e fiquem ali assistindo TV com você, nem pro banheiro (é sério, não ouse levar o laptop pro banheiro).

Então segmente um cantinho da sua casa onde sua mente possa se concentrar exclusivamente no trabalho e deixe esse trabalho para trás quando estiver em outro lugar da sua casa..

4. Marque compromissos mais delimitados, ao invés de mais compromissos

Você não vai ter mais conversas espontâneas com os colegas, como tinha no escritório. Não vai mais rolar brainstorm divertido, ou fofoquinha da firma na copa. Então você vai ter que agendar conversas, para conseguir ter a interação necessária com a equipe para o trabalho andar, mas também preservar o tempo de que precisa para trabalhar

5. Proteja seu tempo com força: DIGA NÃO

Como eu disse acima, mas vale repetir: agendar as tarefas não significa encher o seu dia com um monte de reuniões virtuais, significa ter controle de como o tempo vai ser usado. E isso significa também separar um tempo em que reuniões estão PROIBIDAS, porque você precisa fazer o trabalho andar.

E você pode dizer NÃO para as coisas. Pode sempre sugerir que as reuniões sejam encurtadas antes de topar participar.

6. Recreios, lanchinhos, alongamento e almoço

É fácil esquecer de tirar umas pausas quando o estresse é grande. Você quer provar que está trabalhando duro, mesmo quando seus chefes não estão olhando. Você quer mostrar comprometimento para o resto da equipe, e ajudar todo mundo a atingir as metas.

Mas, a longo prazo, sua saúde e sua produtividade importam mais. Faça alongamentos durante o dia, ainda mais se você não tiver uma cadeira ergonômica em casa. Largue o computador e vá almoçar direito, escute uma musiquinha. Dê uma volta. Seu corpo precisa de uma pausa.

7. Compartilhe tudo

Todo mundo que trabalha a distância sabe como pode ser esquisita uma reunião por Zoom, Skype ou Ringcentral. É difícil saber quando é hora de entrar na conversa, porque existe o botão de “mudo” e porque a voz e a imagem têm um atraso nessas ferramentas de streaming ao vivo –ou porque você fica noiado que todo mundo vai olhar para a verruga que tem na testa.

A tendência natural de muitas pessoas nessa situação é ficar calada e só responder, para não parecer que você está interrompendo os outros. Mas você tem de lutar contra essa tendência. Fale alto, por mais que isso vá te obrigar a falar junto com outra pessoa por um segundo. As pessoas entendem esse tipo de atropelo, sem pensar que você falou de mais (ou que você é um babaca — e, se você for um babaca ou uma babaca, pode ignorar esse item).

E também, se você não está no escritório, vai ter de falar mais durante essas chamadas para compensar sua ausência física. Mas pelo menos neste momento você sabe que está todo mundo no mesmo barco, e sofre das mesmas questões. Luz ruim. Quarto bagunçado. Pausas e silêncios constrangedores.

8. Não cheque seu e-mail durante as primeiras horas de trabalho

Essa pode parecer loucura, ainda mais se o e-mail for uma ferramenta de trabalho que você use muito

Mas eis meu argumento. Quando você abre seu e-mail cedo, no começo do dia, você começa a responder às prioridades DE OUTRAS PESSOAS. Você não estará definindo o dia de acordo com AS SUAS PRIORIDADES

É provável que metade do seu e-mail seja lixo mesmo. Então se comprometa a usar as primeiras horas de trabalho para resolver as coisas mais importantes. E depois você pode usar a segunda parte do dia para entrar no modo emergência. Até essa altura do campeonato, algumas das emergências já vão ter se resolvido sozinhas, sem precisar da sua intervenção..

9. Aceita que sua vida está uma loucura agora

Eis a verdade: É provável que você não vá conseguir entregar o melhor trabalho da sua vida nas próximas semanas, ou até nos próximos meses. Pelo menos não o volume de trabalho com que você estava acostumado ou acostumada, já pode ir se perdoando desde já. Pode ser que seus filhos estejam sem aula na escola, ou um parente que esteja doente e precise de cuidados, ou só um monte de desafios profissionais, por causa da falta de comida e de recursos.

Isso não é pretexto para ser desleixado ou para começar a ter hábitos ruins. Em vez disso, o momento que vivemos é de deixar claro para a sua equipe, ou mesmo para os seus chefes, quais são as expectativas reais. Se você precisar mudar seu cronograma para acomodar novos fatores, é só informar às pessoas e repensar os planos. Se você tem direito a uma licença remunerada, não tenha medo de usá-la. Se existiu um momento para isso, esse momento é agora!

10. Está tudo bem, seus filhos podem ver TV e comer pizza

Se você tem filhos, eles provavelmente estão em casa com você neste momento difícil. E você deve estar tentando criar seus filhos “bem”.

Você pode estar acostumado a preparar as refeições deles com couve orgânica, que compra na feira. E talvez você preferisse que eles estivessem quietinhos, lendo Clarice Lispector num canto.

Mas, hmmm… eles são crianças. E você tem que trabalhar.

Ter exigências para a criação dos seus filhos é ótimo, até essas exigências virarem algo inalcançável. Então relaxe um pouco. Tente encontrar um equilíbrio entre o caos e as regras.

Seus filhos não precisam estar lendo Guimarães Rosa para você conseguir trabalhar em paz. Recompense eles cada vez que eles brincarem por algum tempo sozinho, ou ficarem estudando. E lembre-se que algumas semanas de umas horinhas de videogame por dia não vão matar ninguém.

Crianças JÁ SÃO mini- sociopatas.

; )

E a coisa mais importante: VÁ EMBORA

No fim do dia, distancie-se do trabalho. Confie em mim: Se você não se distanciar do trabalho, ele vai te seguir para o jantar, entrar nos seus sonhos (assustador!). Em vez disso, use esse tempo para focar em si mesmo, no seu namorado ou namorada, na sua família. Faça de tudo para ficar em segurança e sanidade, enquanto você trabalha e mora no mesmo espaço.

E você, tem algum conselho para dar? Conte para a gente nos comentários.

Home Office – um Guia Básico Para Trabalhar de Casa publicado primeiro em https://somosmusica.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s